Ozanet

Ano C - Quarto Domingo do Advento

A partir de Domingo, 19 Dezembro 2021 até Sábado, 25 Dezembro 2021

Ano C - Quarto Domingo do Advento

Leituras: Miq 5,1-4a; Heb 10,5-10; Lc 1,39-47

 

“Eis-Me aqui: Eu venho para fazer a tua vontade”.

 

Leitura da Profecia de Miqueias

Eis o que diz o Senhor: “De ti, Belém-Efratá, pequena entre as cidades de Judá,

de ti sairá aquele que há de reinar sobre Israel.

As suas origens remontam aos tempos de outrora, aos dias mais antigos.

Por isso Deus os abandonará até à altura em que der à luz aquela que há de ser mãe.

Então voltará para os filhos de Israel o resto dos seus irmãos.

Ele se levantará para apascentar o seu rebanho pelo poder do Senhor,

pelo nome glorioso do Senhor, seu Deus.

Viver-se-á em segurança, porque ele será exaltado até aos confins da terra.

Ele será a paz”.

 

Leitura da Epístola aos Hebreus

Irmãos: Ao entrar no mundo, Cristo disse: “Não quiseste sacrifício nem oblações,

mas formaste-Me um corpo. Não Te agradaram holocaustos nem imolações pelo pecado.

Então eu disse: ‘Eis-Me aqui; no livro sagrado está escrito a meu respeito:

Eu venho, ó Deus, para fazer a tua vontade’”.

Primeiro disse: “Não quiseste sacrifícios nem oblações,

não Te agradaram holocaustos nem imolações pelo pecado”.

E no entanto, eles são oferecidos segundo a Lei.

Depois acrescenta: “Eis-Me aqui: Eu venho para fazer a tua vontade”.

Assim aboliu o primeiro culto para estabelecer o segundo.

É em virtude dessa vontade que nós fomos santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo,

feita de uma vez para sempre.

 

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas

Naqueles dias, Maria pôs-se a caminho e dirigiu-se apressadamente para a montanha,

em direção a uma cidade de Judá.

Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel.

Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino exultou em no seio.

Isabel ficou cheia do Espírito Santo e exclamou em alta voz:

“Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.

Donde me é dado que venha ter comigo a Mãe do meu Senhor?

Na verdade, logo que chegou aos meus ouvidos a voz da tua saudação,

o menino exultou de alegria no meu seio.

Bem-aventurada aquela que acreditou no cumprimento de tudo quanto lhe foi dito

da parte do Senhor”.

 

 

Reflexão vicentina

Às vésperas do Natal, as leituras deste domingo podem se resumir a uma só frase: “Eis-Me aqui: Eu venho para fazer a tua vontade”.

 

São Paulo nos convida a deixar de enfocar nossa fé nos sacrifícios aos ídolos e a seguir de forma integral e livre a vontade de Deus para nós, como o próprio Cristo fez, vindo ao mundo, encarnando-se e vivendo como nós tudo o que passamos, a menos do pecado.

 

O Evangelho faz a ligação entre o “fazer a vontade de Deus” e a possibilidade de perceber a presença de Deus em nós.  Maria é o exemplo de seguimento do plano de Deus até as últimas consequências.  Isabel (e Zacarias, seu esposo) são também exemplo de fé incondicional no Senhor.  Quando se encontram Maria e Isabel, a manifestação do milagre de Deus se faz sentir no ventre, no interior de Isabel: ela sente o “menino exultar em seu seio”.  Como sabemos, João Batista, o menino que exulta no seio de Isabel é um milagre do Senhor, porque tanto Isabel quanto Zacarias eram idosos e não poderiam ter filhos.

 

Completando a circularidade da mensagem deste domingo, a primeira leitura (da Profecia de Miquéias – do Antigo Testamento) mostra que, quando o menino Deus vier, “viver-se-á em segurança, porque ele será exaltado até aos confins da terra.  Ele será a paz.” 

 

Portanto, fazendo a vontade de Deus, percebemos exultar o Deus que está dentro de nós e, com isso, podemos ter segurança e paz.  Já não será necessário ter medo!  É uma bela mensagem!

 

E esta mensagem se enquadra perfeitamente à vocação vicentina.  Para nós, fazer a vontade de Deus significa ir ao encontro do Pobre.  Quando O vemos, sentimos o próprio Cristo exultar em nós, o milagre da vida manifestando-se em nossa alma.  E esta manifestação transforma todo o medo em certeza de fé e de esperança na caridade.